Álvaro Basile Portughesi


*
Amigo visitante, Salve!
Conheça este pequeno texto escrito pelo meu amigo, de muitos anos, contando uma pequena parte da sua própria vida.
O Álvaro me franqueou esta preciosa informação.
Estou compartilhando com você.
Participe deste Banquete Espiritual.
*

*
[02:10, 10/5/2017] +55 11 99857-5396: Levado pelos fenômenos físicos que ocorriam com a minha mediunidade, passei a visitar a Fraternidade Espírita Doutor Dias da Cruz na Cidade de Caratinga, nas Minas Gerais. Essa Casa abençoada, realizava trabalhos de materialização, cujos irmãos espirituais, materializados, executavam verdadeiros prodígios em cirurgias com propósitos curativos. Presenciamos naquele Centro, feitos incríveis. Havia nesses trabalhos um médium de nome Antônio, com um grande potencial, pois a sua liberação de ectoplasma, propiciava condições para que três Espíritos se materializassem de uma só vez. Homem simples, cujo trabalho profissional era o de conduzir uma carroça. Presenciamos naquela Casa, coisas do arco da velha, quanto a mim, que passava por serias obstruções arteriais, lá recebi a cura pelas mãos Espirituais do mentor Josef Gleber.

Um dos casos que nos impressionou muito, foi a respeito do menino Leo, que contava com apenas 11 anos. Esse garoto foi levado ao Hospital Beneficência Portuguesa na Cidade de São Paulo, lá ele passou pela extração do apêndice, mas o seu estado febril persistia, e os médicos estavam sem saber o que fazer, os pais do Léo, Germana e Gelmires se desesperavam.

Álvaro – perguntou a mãe aflita – existe algum Centro que possa dizer o que está acontecendo com o meu filho?
Naquela tarde telefonei ao senhor Manoel que presidia os trabalhos daquela Casa, e o bom homem prometeu que consultaria o mentor Josef Gleber, durante a reunião daquela noite.
Na manhã seguinte liguei para Caratinga e recebi a resposta:
Álvaro – informou o senhor Manoel quase aos gritos – o mentor Josef, disse que o menino está com parte do seu intestino necrosado, e terá que tirar 30 centímetros , caso contrário ele morrerá!
Fui imediatamente ao hospital, onde o Léo estava no leito rodeado por três médicos.
Entrei, a porta estava entreaberta. Respirei fundo, e tomando coragem, que não sei se hoje teria, disse aos médicos:
Fizemos uma consulta espiritual, e fomos informados de que o Léo está com parte do seu intestino necrosado, e se não operar imediatamente, ele vai morrer!
Olharam assustados com o meu atrevimento, mas procederam a cirurgia e segundo eles, retiraram os trinta centímetros do intestino do menino, que após dez anos, foi me procurar, para me entregar o convite de seu casamento. *
[02:13, 10/5/2017] +55 11 99857-5396: Aperitivos…
[02:13, 10/5/2017] +55 11 99857-5396: Me sentia envolvido por fortes emoções, com a mediunidade ainda carente de educação e equilíbrio, pois minha sensibilidade se encontrava a flor da pele. Os meus sentidos afloravam, e as percepções estavam bastante acentuadas.

Casado recentemente, e os filhos ainda não haviam nascido. Residia com a minha Rita em um quarto e cozinha, e embora os fenômenos espirituais ocorriam com barulhos no telhado, como se recebesse pedradas, portas batendo, risos e panelas caindo da prateleira, éramos relativamente felizes, apesar dos sustos.
Chegávamos em casa tarde da noite, chovia torrencialmente e o quintal estava sendo preparado para receber o cimentado, e a Rita subitamente deu um grito de dor ao sofrer uma forte torção no pé. O inchaço apareceu de pronto e a minha companheira empalideceu e teve ânsia de vomito. A carreguei no colo e a acomodei no leito, e a chuva persistia, e ela entre gemidos, solicitou para que eu fosse chamar uma senhora que aplicava passes, e que residia do outro lado da rua.

Concordei e me dirigi a porta e ao abri-la parcialmente, notei que o temporal continuava. Chamar aquela senhora tão idosa em meio a tamanha borrasca seria desumano. Sentei-me junto a mesa da cozinha e solicitei com fervor ajuda do alto, pois não estava disposto a incomodar a mulher. Para minha surpresa, quando fui até ao quarto para me desculpar, a Rita havia adormecido. Coloquei as roupas de dormir, e me acomodei cuidadoso ao lado dela.
Iniciava a oração quando visualizei no varal do pé da cama, da cintura para cima, uma freira que sorria.
Muito impressionado com a grata aparição, iniciei uma oração e após alguns segundos adormeci.

Na manhã seguinte, a Rita deixou o leito com a sua habitual destreza e pelo aroma que tomou conta do ambiente, deduzi que ela passava o café. Quando retornava portando uma bandeja, fiquei contente ao vê-la caminhando normalmente. Ao ver o meu semblante interrogativo ela informou: Você nem imagina o que aconteceu! Durante esta noite, apareceu aqui uma Irmã de Caridade, colocou a sua mão abençoada sobre o meu pé e tudo se transformou! Não sinto mais dor alguma, estou ótima!

*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.060 dias.
Obrigado Senhor!
*
*
***

Deixe uma resposta