Ação dos Espíritos


*
SACA TEXTO 11JAN18
Espírito Clarêncio, em “Entre a Terra e o Céu”, obra do Espírito André Luiz, psicografia de Francisco Cândido Xavier.

“(…) na obra assistencial dos espíritos amigos, que interferem nos tecidos sutis da alma, é possível, quando a criatura se desprende parcialmente da carne, a realização de maravilhas. Atuando nos centros do perispírito, por vezes efetuamos alterações profundas na saúde dos pacientes, alterações essas que se fixam no corpo somático, de maneira gradativa. Grandes males são assim corrigidos, enormes renovações são assim realizadas. Mormente quando encontramos o serviço da prece na mente enriquecida pela fé transformadora, facilitando-nos a intervenção pela passividade construtiva do campo em que devemos operar, a tarefa de socorro concretiza verdadeiros milagres. O corpo físico é mantido pelo corpo espiritual a cujos moldes se ajusta e, desse modo, a influência sobre o organismo sutil é decisiva para o envoltório de carne, em que a mente se manifesta.”

Discernir

*

A LIÇÃO DO DISCERNIMENTO
Pelo Espírito Irmão X (Humberto de Campos).
Psicografia de Francisco Cândido Xavier.
Livro: Contos e Apólogos. Lição nº 14. Página 65.

Finda a cena brutal, em que o povo pretendia apedrejar a mulher infeliz, na praça pública, Pedro, que seguia o Senhor, de perto, interpelou-o, zelosamente:

– Mestre, desculpando os erros das mulheres que fogem ao ministério do lar, não estaremos oferecendo apoio à devassidão? Abrir os braços no espetáculo deprimente que acabamos de ver não será proteger o pecado?

Jesus meditou, meditou… e respondeu:

– Simão, seremos sempre julgados pela medida com que julgarmos os nosso semelhantes.

– Sim – clamou o apóstolo, irritado -, compreendo a caridade que nos deve afastar dos juízos errôneos, mas porventura conseguiremos viver sem discernir? Uma pecadora, trazida ao apedrejamento, não perturbará a tranquilidade das famílias? Não representará um quadro de lama para as crianças e para os jovens? Não será uma excitação à prática do mal?

Ante as duas interrogações, o Messias observou, sereno:

– Quem poderá examinar agora o acontecimento, em toda a extensão dele? Sabemos, acaso, quantas lágrimas terá vertido essa desventurada mulher até a queda fatal no grande infortúnio? Quem terá dado a esse pobre coração feminino o primeiro impulso para o despenhadeiro? E quem sabe, Pedro, essa desditosa irmã terá sido arrastada à loucura, atendendo a desesperadoras necessidades?

O discípulo, contudo, no propósito de exalçar a justiça, acrescentou:

– De qualquer modo, a corrigenda é inadiável imperativo, Se ela nos merece compaixão e bondade, há então, noutros setores, o culpado ou os culpados que precisamos punir. Quem terá provocado a cena desagradável a que assistimos? Geralmente, as mulheres desse naipe são reservadas e fogem à multidão… Que motivos teriam trazido essa infeliz ao clamor da praça?

Jesus sorriu, complacente, e tornou:

– Quem sabe a pobrezinha andaria à procura de assistência?

O pescador de Cafarnaum acentuou, contrariado:

– O responsável devia expiar semelhante delito. Sou contra a desordem e na gritaria que presenciamos estou convencido de que o cárcere e os açoites deveriam funcionar…

Nesse ponto do entendimento, velha mendiga que ouvia a conversação, caminhando vagarosamente, quase junto deles, exclamou para Simão, surpreendido:

– Galileu bondoso, herdeiro da fé vitoriosa de nossos pais, graças sejam dadas a Deus, nosso Poderoso Senhor! A mulher apedrejada é filha de minha irmã paralítica e cega. Moramos nas vizinhanças e vínhamos ao mercado em busca de alimento. Abeirávamos-nos daqui, quando fomos assaltadas por um rapaz que, depois de repelido por ela, em luta corpo a corpo, saiu a indicá-la ao povo para a lapidação, simplesmente porque minha infeliz sobrinha, digna de melhor sorte, não tem tido até hoje uma vida regular… Ambas estamos feridas e, com dificuldade, tornaremos para a casa… Se é possível, Galileu generoso, restabelece a verdade e faze a justiça!

– E onde está o miserável? – gritou Simão, enérgico, diante do Mestre, que o seguia, bondoso.

– Ali!… Ali!… – informou a velhinha, com o júbilo de uma criança reconduzida repentinamente à alegria. E apontou uma casa de peregrinos, para onde o apóstolo se dirigiu, acompanhado de Jesus que o observava, sereno.

Por trás de antiga porta, escondia-se um homem, trêmulo de vergonha.

Pedro avançou de punhos cerrados, mas, a breves segundos, estacou, pálido e abatido.

O autor da cena triste era Efraim, filho de Jafar, pupilo de sua sogra e comensal de sua própria mesa.

Seguira o Messias com piedosa atitude, mas Pedro bem reconhecia agora que o irmão adotivo de sua mulher guardava intenção diferente.

Angustiado, em lágrimas de cólera e amargura, Simão adiantou-se para o Cristo, à maneira do menino necessitado de proteção, e bradou: – Mestre, Mestre!… Que fazer?…

Jesus, porém, acolheu-o amorosamente nos braços e murmurou: – Pedro, não julguemos para não sermos julgados. Aprendamos, contudo a discernir.”
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.298 dias.
Obrigado Senhor!
*
http://wv8.com.br/comkardec.com/
https://www.facebook.com/EudisonLeal
https://www.facebook.com/apil.colonial
*
*
***

Crie Seu Blog

*
Crie Seu Blog
*
Bom Dia Contemporâneo do Percurso!
Alegria!
Alegria! e Alegria!
*
É uma Bênção estarmos encarnados!
Dar bom uso ao tempo que nos é concedido é Sabedoria!
Temos a oportunidade de edificar no Bem!!!
*
Precisamos Agradecer a Deus e a Jesus pela Luz!
Ao criarmos um blog estamos Espargindo Amor para muitos Corações!
Tome a charrua nas suas mãos e vamos ao campo de centeio!
*
SIM!
Estaremos e estamos sendo orientados pelos Bons Irmãos Espirituais!
E, assim, estarão conosco em bases contínuas!
Pondere!!!
*
http://wv8.com.br/comkardec.com/
https://www.facebook.com/EudisonLeal
https://www.facebook.com/apil.colonial
*

Prece

*
Prece para Jesus, o Cristo de Deus
*
Senhor Jesus!
Nós, os encarnados somos Aflitos, Senhor!
Acredito que a nossa aflição seja pela ignorância sobre o nosso futuro.
É consciente ou inconscientemente que ficamos aflitos sobre as nossas incertezas, incontáveis!
Jesus, nós te pedimos para que haja um despertar do nosso espírito, Senhor!
Assim seja!
*
Amigo(a) visitante, salve1
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.298 dias.
Obrigado Senhor!
*
http://wv8.com.br/comkardec.com/
https://www.facebook.com/EudisonLeal
https://www.facebook.com/apil.colonial
*