Prece

*
Prece para Jesus, o Cristo de Deus
*
Senhor Jesus!
Emmanuel está nos passando esta lindo orientação!
Ajude-nos a abstrair e introjetar o seu significado!
Que nós possamos ser Teus seguidores, Senhor!
Assim Seja Senhor!
*
Amigo(a) visitante, salve!
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.274 dias.
Obrigado Senhor!
*
http://wv8.com.br/comkardec.com/
https://www.facebook.com/EudisonLeal
https://www.facebook.com/apil.colonial
*

INDULGÊNCIA

*

*
INDULGÊNCIA
Pelo Espírito Emmanuel. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.
Livro: Indulgência. Lição nº 01. Página 14.

Concedeu-te o Senhor:
O berço em que nasceste.
O ar em que respiras.
O lar que te abençoa.
O sol que te ilumina.
O corpo em que estagias.
O passo equilibrado.
A escola que te auxilia.
A lição que te acolhe.
O amigo que te ampara.
O pão que te alimenta.
A fonte que te acalma.
A ação que te renova.
A fé que te sustenta.
O afeto que te nutre.
A flor que te consola.
A estrela que te inspira.
A ideia e o sentimento.
A bondade e a alegria.
O trabalho e o repouso.
A oração e a esperança.
Ante a eterna indulgência
Com que o céu te acompanha,
Sê também complacente
E usa a misericórdia
Para que a paz divina
Permaneça contigo,
À maneira de luz que te guarde hoje e sempre.

Antônio Sávio de Resende – Tonhão
email’s: asavio921@uol.com.br; asavio@uaivip.com.br; asavio.fcvv@gmail.com; asavio13@uol.com.br;
“Ama o lugar em que a Divina Providência te situa. Distribui simpatia e bondade para com todos aqueles que te desfrutam a convivência. Aproveita as tuas oportunidades de trabalho. Na Terra, chega sempre um instante no qual reconhecemos que os afetos mais queridos e as situações mais valiosas estiveram sempre perto de nós.” Emmanuel & Chico Xavier. Lição nº 44: Perto de Nós; Livro: Livro de Respostas.
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.245 dias.
Obrigado Senhor!
*
http://wv8.com.br/comkardec.com/
https://www.facebook.com/EudisonLeal
https://www.facebook.com/apil.colonial
*
*
***

Emmanuel


*
Emmanuel
*
SACA TEXTO 22FEV17
Espírito Emmanuel, em “Vinha de Luz”, psicografia de Chico Xavier

“Cada criatura foi chamada pela Providência a determinado setor de trabalhos espirituais na Terra.

O comerciante está em negócios de suprimento e de fraternidade.

O administrador permanece em negócios de orientação, distribuição e responsabilidade.

O servidor foi trazido a negócios de obediência e edificação.

As mães e os pais terrestres foram convocados a negócios de renúncia, exemplificação e devotamento.

O carpinteiro está fabricando colunas para o templo vivo do lar.

O cientista vive fornecendo equações de progresso que melhorem o bem-estar do mundo.

O cozinheiro trabalha para alimentar o operário e o sábio.

Todos os homens vivem na Obra de Deus, valendo-se dela para alcançarem, um dia, a grandeza divina. Usufrutuários de patrimônios que pertencem ao Pai, encontram-se no campo das oportunidades presentes, negociando com os valores do Senhor.”
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 27.975 dias.
Obrigado Senhor!
*
*
***

PENSAMENTO E DESOBSESSÃO

20170107_espirito-andre-luiz
*
PENSAMENTO E DESOBSESSÃO
Pelo Espírito André Luiz. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.
Livro: Paz e Renovação. Lição nº 01. Página 17.

Falamos de pensamento livre.
Analise o corpo de que você se serve no plano material: do ponto de vista do autocontrole, é uma cabine perfeita com dispositivos especiais destinados a sua própria defesa.
O cérebro com os centros diretivos da mente funciona encerrado na caixa craniana, à maneira de usina quase lacrada num cofre forte.
Os olhos registram impressões, mas podem conservá-las em estudo discreto.
Os ouvidos são forçados a escutar o que lhes afete a estrutura, entretanto, não precisam dizer o que assinalam.
A voz é produzida na laringe sem necessidade de arrojar de si palavras em desgoverno.
Mãos e pés por implementos de serviço não se movimentam sem determinações da vontade.
Os recursos do sexo não atuam sem comando mental.
Fácil, assim, verificar que não existe trabalho desobsessivo sem reajuste da emoção e da idéia, porquanto todos os processos educativos e reeducativos da alma se articulam, de início, no pensamento.
Eis porque Jesus enunciou, há quase vinte séculos:
– “Não é o que entra pela boca que contamina o homem, mas sim aquilo que, impropriamente, lhe sai do coração”.
*
Colaborador:
Antônio Sávio de Resende – Tonhão
email’s: asavio921@uol.com.br; asavio@uaivip.com.br; asavio.fcvv@gmail.com; asavio13@uol.com.br;
O homem perguntou ao trabalho: – Qual o elemento mais resistente que encontraste, observando a natureza?
– A pedra, respondeu o trabalho.
A água que corria brandamente em derredor; escutou o que se dizia e, em silêncio, descobriu um meio de pingar sobre a pedra e, com algum tempo, abriu-lhe grande brecha, através da qual a água passava de um lado para outro.
O homem anotou o acontecido e indagou da água sobre o instrumento que ela usara para realizar aquele prodígio:
– A água humilde respondeu simplesmente: – Foi a Paciência.
Emmanuel & Chico Xavier. Livro: A Semente de Mostarda. Lição nº 27. Lição: Paciência e Prodígio.
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 27.929 dias.
Obrigado Senhor!
*
*
***

DIVINO RECURSO

efs_chico2
*
DIVINO RECURSO
Pelo Espírito Albino Teixeira. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.
Livro: Fé. Lição nº 10. Página 38.

Trata-se de remédio real do espírito.
Sem ele:
– A paz carece de base;
– O amor não existiria;
– O trabalho cairia em frustração;
– A fé não desabrocha;
– A paciência não surge;
– A união se faria impraticável;
– A solidariedade não funciona;
– A esperança não encontraria razão de ser;
– O lar não subsistiria;
– A civilização se ergueria em bases de crueldade.
Desse recurso todos necessitamos; e de tão alta significação se nos faz no cotidiano que a Sabedoria da Vida não permite se efetue aquisição dele em mercados do mundo, a fim de que esteja ao alcance de todos, já que deve nascer em nós mesmos, no laboratório do coração.
Esse remédio é o perdão recíproco.
E semelhante medicamento se mostra de tal modo importante, nos assuntos de vivência e convivência, que Jesus – o Divino Médico da Alma – prescreve para cada infestação de ofensa que se lhe aplique a virtude não sete vezes, mas, setenta vezes sete vezes.
*
Colaborador:
Antônio Sávio de Resende – Tonhão
email’s: asavio921@uol.com.br; asavio@uaivip.com.br; asavio.fcvv@gmail.com; asavio13@uol.com.br;
O homem perguntou ao trabalho: – Qual o elemento mais resistente que encontraste, observando a natureza?
– A pedra, respondeu o trabalho.
A água que corria brandamente em derredor; escutou o que se dizia e, em silêncio, descobriu um meio de pingar sobre a pedra e, com algum tempo, abriu-lhe grande brecha, através da qual a água passava de um lado para outro.
O homem anotou o acontecido e indagou da água sobre o instrumento que ela usara para realizar aquele prodígio:
– A água humilde respondeu simplesmente: – Foi a Paciência.
Emmanuel & Chico Xavier. Livro: A Semente de Mostarda. Lição nº 27. Lição: Paciência e Prodígio.
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 27.927 dias.
Obrigado Senhor!
*
*
***

ITENS DA FRATERNIDADE EM JESUS

20161228_fraternidade
*
ITENS DA FRATERNIDADE EM JESUS
Pelo Espírito Bezerra de Menezes. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.
Livro: União em Jesus. Lição nº 03. Página 27.
Mensagem recebida em Uberaba, em 16 de agosto de 1983.

Filhos, o Senhor nos abençoe!…
O trabalho de conscientização em Cristo é serviço pioneiro no plano físico, porquanto relaciona atividades, ou melhor, as atividades fundamentais do espírito desencarnado quando se reconhece defrontado pela grandeza da vida, perante o mais além.
O Tempo é o principal fator de aferição de quaisquer aquisições que se façam nesse terreno, de vez que o Tempo é o agente silencioso que preside o crescimento, a evolução e a maturação das sementes de renovação do mundo interior de cada um de nós, para que nossos recursos se descerrem plenamente ao sol do trabalho para o engrandecimento da vida em nós e fora de nós.
Em vista do exposto, comecemos por apresentar as figurações ou idéias-sínteses, destinadas a acordar as nossas consciências à plena luz da imortalidade.
Enumeraremos algumas dessas indicações básicas para nosso aproveitamento:
01 – Em toda questão difícil, indagar de nós mesmos o que faria Jesus em nosso lugar.
02 – Aceitar-nos por parte da família universal de Deus, na mesma moradia terrestre, moradia que permanece integrada no Plano Cósmico, à maneira de um conjunto residencial, renteando com inúmeros outros na Criação Divina.
03 – Cada criatura é um mundo por si, com leis e movimentos próprios, que nem sempre se harmonizam com os nossos.
04 – Ser-nos-á obrigação clara e simples aceitar os outros tais quais são, tanto quanto desejamos ser aceitos como somos, ante a consideração alheia.
05 – Reconheçamos a verdade de que todo bem e todo mal de que nos façamos autores para os que nos cercam, apresentarão, hoje, amanhã ou depois de amanhã, o somatório das bênçãos ou dos males de que tenhamos sido a causa.
06 – Atendendo-se à realidade de que somos psicologicamente diferenciados no campo geral da existência, respeitar sempre as necessidades ou os problemas do próximo, já que, por enquanto, não conseguimos desvencilharmo-nos dos nossos, no sentido imediato dessas palavras.
07 – Cada qual de nós neste justo momento está no melhor lugar, na melhor posição, na melhor tarefa e com os melhores companheiros que sejamos capazes de usufruir com o necessário proveito.
08 – As condições do berço e da família, do grupo social e dos compromissos que venhamos a assumir com outra pessoa ou com outras pessoas são áreas de dever a cumprir que não nos será lícito esquecer ou menosprezar sem danos para nós mesmos.
09 – Admitirmos sem discussão o imperativo de tolerância para com os outros, tanto quanto precisamos ou desejamos ser tolerados em nossa estrada comum.
10 – O trabalho, seja na condição de atividade profissional ou na prestação de serviço desinteressado aos nossos irmãos do caminho diário, é a nossa escola permanente, de cujos ensinamentos não nos será lícito desertar.
11 – Desculpar quaisquer ofensor de que nos julguemos vítimas, esquecendo esse ou aquele atrito que nos tenha colhido em más regiões de influência, com absoluto esquecimento dos desajustes havidos, para que a espontaneidade na prática do bem, seja em nós ou fora de nós, não sofra qualquer prejuízo.
12 – Entendendo-se que cada criatura se encontra no lugar que lhe é próprio, não nos permitirmos apreciações apressadas ou errôneas em torno dessa ou daquela pessoa.
13 – Abolir a queixa da conversação, na certeza de que se, porventura, tivermos alguma razão para essa ou aquela reclamação quanto aos outros, é possível que aqueles de quem nos queixamos, talvez possuam motivos mais fortes para se queixarem de nós.
14 – Ajustar-se à família à maneira do ouro entregue ao cadinho, para que se lhe promova a purificação.
15 – Regozijarmo-nos com o progresso alheio, na convicção de que o êxito nos visitará igualmente, na medida em que nos esforcemos por obtê-lo.
16 – Nunca olvidarmos, em matéria de afeição, que a renúncia a quaisquer alegrias decorrentes de conjunções prematuras será sempre superior a qualquer vitória passageira nos domínios da posse.
17 – Fixar o lado melhor das pessoas e dos acontecimentos, para que o lado sombrio desapareça naturalmente.
18 – Rejubilarmo-nos com aquilo que tenhamos ao nosso dispor, sem preocupação por obter o que talvez quiséssemos.
19 – Saber sorrir tanto nas horas de contentamento, quanto naquelas outras em que as inquietações estejam conosco.
20 – Abstermo-nos de gastar com a irritação, o tempo e os recursos da vida com reações desnecessárias e incompatíveis com o nosso dever de acompanhar o Divino Mestre.
21 – Não desconhecer que, muitas vezes, contra nós próprios, ser-nos á necessário ouvir as opiniões de companheiros e acatá-las, considerando o benefício geral e não os nossos próprios interesses pessoais que nos cabe sofrear, para que a felicidade dos outros nos favoreça com a alegria de ver os outros felizes e abrindo, com isso, novas estradas no campo íntimo que nos visem a melhoria e a paz, a compreensão e o bom ânimo.
22 – Habituarmo-nos a enxergar nos companheiros de experiência terrestre a parte melhor que apresentem, a fim de que nenhum deles perca o incentivo de agir e servir, trazendo a quota de seus esforços no bem para a felicidade do grupo a que nos vinculamos.
23 – Auxiliar para o bem geral em todo tempo, mas escolher o tempo adequado para tratar dos problemas difíceis e dos casos graves com os irmãos neles envolvidos.
24 – Exerçamos a paciência sem limites.
25 – Aceitar o amor que Jesus nos ensinou e nos legou por esquema a ser cumprido nas menores ocorrências do nosso campo de ação.
26 – Começar de nós mesmos o serviço de conscientização, transferindo-o em seguida às pessoas que nos sejam particularmente queridas e, logo após, transmiti-lo aos grupos humanos em geral.
Estes são alguns dos itens que, em outra ocasião, ser-nos-á possível desenvolver em nosso próprio benefício. Que o Senhor nos ampare e nos abençoe sempre são os votos reconhecidos. Bezerra de Menezes.
*
Colaborador:
Antônio Sávio de Resende – Tonhão
email’s: asavio921@uol.com.br; asavio@uaivip.com.br; asavio.fcvv@gmail.com; asavio13@uol.com.br;
O homem perguntou ao trabalho: – Qual o elemento mais resistente que encontraste, observando a natureza?
– A pedra, respondeu o trabalho.
A água que corria brandamente em derredor; escutou o que se dizia e, em silêncio, descobriu um meio de pingar sobre a pedra e, com algum tempo, abriu-lhe grande brecha, através da qual a água passava de um lado para outro.
O homem anotou o acontecido e indagou da água sobre o instrumento que ela usara para realizar aquele prodígio:
– A água humilde respondeu simplesmente: – Foi a Paciência.
Emmanuel & Chico Xavier. Livro: A Semente de Mostarda. Lição nº 27. Lição: Paciência e Prodígio.
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 27.919 dias.
Obrigado Senhor!
*
*
***

Conquistas interiores

20160925_coquistas
*
Conquistas interiores
*
Espírito Emmanuel, na obra “Pão Nosso”, psicografia de Chico Xavier.

“Importa seguir sempre, em busca da edificação espiritual definitiva. Indispensável caminhar, vencendo obstáculos e sombras, transformando todas as dores e dificuldades em degraus de ascensão.

…..

Acreditam muitos que caminhar é invadir as situações de evidência no mundo, conquistando posições de destaque transitório ou trazendo as mais vastas expressões financeiras ao círculo pessoal.

….

É preciso caminhar sempre, mas a jornada compete ao Espírito eterno, no terreno das conquistas interiores.”
*
Colaborador: Ênio Carlos Costa Simões – Niterói-RJ
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 27.825 dias.
Eu TE Agradeço Deus Pai!
Publicação número 11.453
http://wv8.com.br/comkardec.com/
https://www.facebook.com/comkardec/
www.facebook.com/EudisonLeal
https://sinapseslinks.wordpress.com/
*
“O Espiritismo nos solicita uma espécie permanente de caridade – a caridade da sua própria divulgação”. Emmanuel
comentar20160406_links03

NOS LIMITES DO CÉU

20100625_chico
*
NOS LIMITES DO CÉU
Pelo Espírito Irmão X (Humberto de Campos). Psicografia de Francisco Cândido Xavier.
Livro: Luz Acima. Lição nº 04. Página 27.

No extremo limite da Terra com o Céu, aportou um peregrino envolto em nevado manto.
Irradiava pureza e brandura. A fronte denunciava-lhe a nobreza pelos raios diamantinos que emitia em todas as direções. Extenso halo de luz assinalava-lhe a presença.
Recebido pela entidade angélica, que presidia à importante passagem, apresentou sua aspiração máxima: – “ingressar definitivamente no paraíso, gozar-lhe o descanso beatífico”.
O Divino funcionário, embora admirado e reverente perante espírito tão puro, esboçou o gesto de quem notava alguma falha menos visível ao olhar inexperiente e considerou:
– Meu irmão, rendo homenagem à altura de tuas vestes, entretanto, vejamos se já adquiriste a virtude perfeita.
Sorridente, feliz, o viajor vitorioso pôs-se à escuta.
– Conseguiste entesourar o amor sublime? perguntou o Anjo, respeitoso.
– Graças a Deus! – informou o interpelado.
– Edificaste a humildade?
– Sim.
– Guardaste a esperança fiel?
– Todos os dias.
– Seguiste o bem?
– Invariavelmente.
– Cultivaste e pureza?
– Com zelo extremado.
– Exemplificaste o trabalho construtivo?
– Diariamente.
– Sustentaste e fé?
– Confiei no Divino Poder, acima de tudo.
– Ensinaste a verdade e testemunhaste-a?
– Com todas as minhas forças.
– Conservaste a paciência?
– Sem perdê-la jamais.
– Combateste os vícios em ti mesmo, tais como a vaidade e o orgulho, o egoísmo e o ciúme, a teimosia e a discórdia?
– Esmeradamente.
– Guerreaste os males que assolam a vida, como sejam o ódio e a perversidade, a insensatez e a ignorância, a brutalidade e a estupidez?
– Sempre.
O Anjo interrompeu-se, refletiu longos minutos, como se estivesse em face de grave enigma, e indagou:
– Meu amigo, já trabalhaste no inferno?
– Ah! isto não! – respondeu o peregrino, escandalizado.
– Como haveria de ser?
O fiscal da celeste alfândega sorriu, a seu turno, e observou:
– Falta-te semelhante realização para subir mais alto.
– Oh! que contra-senso! – aventurou o interessado – como servir entre gênios satânicos, de olhos conturbados pela permanente malícia, de ouvidos atormentados pela gritaria, de mãos atadas pelos impedimentos do mal soberano, de pés cambaleantes sabre o terreno inseguro, com todas as potências da alma perturbadas pelas tentações?
– Sim meu amigo – acentuou o Preposto Divino – o Bem é para salvar o mal, o Amor foi criado para que amemos, a Sabedoria se destina em primeiro lugar, ao ignorante.
A maior missão da virtude é eliminar o vício e amparar o viciado.
Por isto mesmo, o Céu não perde o inferno de vista.
E, perante o assombro do ouvinte, rematou:
– Torna à Terra, desce ao inferno que o homem criou e serve ao Senhor Supremo, voltando depois… Então, cogitaremos da travessia.
Lembra-te de que o Sol, situado cerca de cento e cinquenta milhões de quilômetros além do teu mundo, lança raios luminosos e salvadores ao mais profundo abismo planetário…
Em seguida, o controlador da Porta Celestial cerrou a passagem ligeiramente entreaberta e o peregrino, de capa lirial, espantadiço e desapontado, sentou-se um pouco, a fim de meditar sobre as conquistas que havia feito.
*
Colaborador:
Antônio Sávio de Resende – Tonhão
email’s: asavio921@uol.com.br; asavio@uaivip.com.br; asavio.fcvv@gmail.com; asavio13@uol.com.br;
“Não precisas procurar adivinhos para saber o que te espera, nem necessitas daqueles outros que te descubram o passado que já conheces pelas próprias tendências. A vida é o presente vivo e imperecível. Na tela das horas, somos o ontem que se foi e seremos o amanhã que virá. A semente plantada resume todas as nossas cogitações em torno do porvir. Terás o que cultivas. Não colherás figos na macieira e vice-versa. Ciente de que todos os pensamentos e atos são sementeiras de destino, seleciona o material que consideres adequado à tua felicidade e centraliza-o no serviço do bem aos semelhantes. Do que deres presentemente, recolherás os resultados depois. O futuro começa agora. Cede hoje à vida o que possuas de melhor e, amanhã, aquilo que a vida tenha de melhor te responderá”. Emmanuel & Chico Xavier. Livro: Jóia. Lição: Em torno do futuro.
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 27.785 dias.
*
Eu TE Agradeço Deus Pai!
== Publicação número 11.018
== www.comkardec.com/
#comentar#20160406_Links03

RECAPITULAÇÃO

20150408_Emmanuel
*
RECAPITULAÇÃO
Pelo Espírito Emmanuel. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.
Livro: Indulgência. Lição nº 02. Página 20.

Cada dia, na Terra, a vida se te recomeça no coração.
Cada nascer do sol é nova luz para que aí nos desfaçamos da sombra que ainda nos obscurece o espírito.
E, nos círculos da evolução em que ainda te agitas, a claridade matinal é como que o convite sempre renovado para as obras do bem.
A Infinita Bondade do Céu te apagou a lembrança temporariamente, a fim de que o esquecimento te valorize a movimentação da consciência sempre livre para escolher.
Não te detenhas em dúvidas e incertezas.
Vale-te do dia para a sementeira do bem.
Cada pessoa que te busca é alguém que regressa de longe para auxiliar-te na edificação da felicidade ou para auxiliar-te no aprimoramento interior que necessitas desenvolver.
Cada problema que te preocupa é serviço que deixaste à distância, sem solução, retornando-te à esfera de trabalho, para o aclaramento do raciocínio ou para a melhoria do coração.
Cada sofrimento é uma sombra que estendeste no passado e que volta ao presente, a fim de que a transformes em luz.
Cada aflição que te requisita a alma é o espinheiro que cultivaste no pretérito a reaproximar-se de ti, para que convertas os acúleos antigos em flores de amor para a imortalidade.
Vale-te das Bênçãos do olvido temporário e dos valores potenciais de cada dia, trabalhando em favor da própria elevação, porque, mais tarde, a memória ser-te-á restaurada no santuário interno e abençoarás a Dor e a Luta de agora por preciosos Recursos de reajuste, concórdia e sublimação.
*
Colaborador:
Antônio Sávio de Resende – Tonhão
email’s: asavio921@uol.com.br; asavio@uaivip.com.br; asavio.fcvv@gmail.com; asavio13@uol.com.br;
“Os defeitos mais arraigados são aqueles que tomamos à feição de qualidades, desse modo, é preciso discernir apresentação de vaidade; brio de orgulho; serenidade de indiferença; correção de frieza; humildade de subserviência e fortaleza de segurança de coração. Quando algum sentimento nos induzir a parecer melhor ou mais forte que os outros, é chegado o momento de procurar a nossa própria realidade para desistir da ilusão, porquanto, de que serve a felicidade dos felizes quando não diminui a infelicidade dos que se sentem menos felizes?” André Luiz & Chico Xavier. Livro: Endereços da Paz. Lição: Discernimento.
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 27.728 dias.
*
Eu TE Agradeço Deus Pai!
== Sou septuagenário ==
== Publicação número 10.742
*
*** 21jul2016 – 10º. Aniver do Blog
*** www.comkardec.com/
*** https://sinapseslinks.wordpress.com/
*** www.facebook.com/EudisonLeal
*** www.facebook.com/sinapses.links
#comentar#20160406_Links03

No Lar

20160430_No_Lar
*
NO LAR
Pelo Espírito André Luiz. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.
Livro: Conduta Espírita. Lição nº 05. Página 31.

Começar na intimidade do templo doméstico a exemplificação dos princípios que esposa, com sinceridade e firmeza, uniformizando o próprio procedimento, dentro e fora dele.
Fé espírita no clima da família, fonte do espiritismo no campo social.

Calar todo impulso de cólera ou violência, amoldando-se ao Evangelho de modo a estabelecer a harmonia em si mesmo perante os outros.
A humildade constrói para a Vida Eterna.

Proporcionar às crianças os fundamentos de uma educação sólida e bem orientada, sem infundir-lhes medo ou fantasias, começando por dar-lhes nomes simples e naturais, evitando a pompa dos nomes famosos, suscetíveis de lhes criar embaraços futuros.
O lar é a escola primeira.

Sempre que possível, converter o santuário familiar em dispensário de socorro aos menos felizes, pela aplicação daquilo que seja menos necessário à manutenção doméstica.
A Seara do Cristo não tem fronteira.

Se está sozinho com a sua fé, no recesso do próprio lar, deve o espírita atender fielmente ao testemunho de amor que lhe cabe, lembrando-se de que responderá, em qualquer tempo, pelos princípios que abraça.
A ribalta humana situa-nos sempre no papel que devamos desempenhar.

Ao menos, uma vez por semana, formar o culto do Evangelho com todos aqueles que lhe co-participam da fé, estudando a Verdade e irradiando o Bem, através de preces e comentários em torno da experiência diária à luz dos postulados espíritas.
Quem cultiva o Evangelho em casa, faz da própria casa um templo do Cristo.

Evitar o luxo supérfluo nos aposentos, objetos e costumes, imprimindo em tudo características de naturalidade, desde os hábitos mais singelos até os pormenores arquitetônicos da própria moradia.
Não há verdadeiro clima espírita cristão sem a presença da simplicidade conosco.

“Aprendam primeiro a exercer piedade para com a sua própria família e a recompensar seus pais, porque isto é bom e agradável diante de Deus.” Paulo. (I Timóteo, 5:4.)
*
Colaborador:
Antônio Sávio de Resende – Tonhão
email’s: asavio921@uol.com.br; asavio@uaivip.com.br; asavio.fcvv@gmail.com; asavio13@uol.com.br;
Queres felicidade. Felicidade, porém, é uma construção a fazer. O alicerce está em ti mesmo. Recorda: terás sempre o que deres de ti. O retorno é de lei… Ainda mesmo que em migalha, distribui a esperança e a alegria.
Mesmo sofrendo, oferece um sorriso aos outros. Tanto quanto puderes, faze os outros felizes. Pouco a pouco, terás centuplicadamente aquilo que semeias… Não te esqueças: Felicidade é Devolução…
Emmanuel & Chico Xavier. Livro: Sinais de Rumo. Lição: Devolução.
#comentar#20160406_Links03
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 27.677 dias.
*
Eu TE Agradeço Deus Pai!
== Sou septuagenário ==
== Publicação número 10.546
*
*** www.comkardec.com/
*** https://sinapseslinks.wordpress.com/
*** www.facebook.com/EudisonLeal
*** www.facebook.com/sinapses.links
#cadastrar#20160406_Links04

SAÚDE E EQUILÍBRIO


*
SAÚDE E EQUILÍBRIO
Pelo Espírito André Luiz. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.
Livro: Passos da Vida. Lição nº 17. Página 59.

Para garantir saúde e equilíbrio, prometa a você mesmo:
1 – Colocar-se sob os desígnios de Deus, cada dia, através da oração, e sustentar a consciência tranquila, preservando-se contra idéias de culpa…
2 – Dar o melhor de si mesmo no que esteja fazendo…
3 – Manter coração e mente, atitude e palavra, atos e modos na inspiração constante do bem…
4 – Servir desinteressadamente aos semelhantes, quanto esteja ao alcance de suas forças…
5 – Regozijar-se com a felicidade do próximo…
6 – Esquecer conversações e opiniões de caráter negativo que haja lido ou escutado…
7 – Acrescentar pelo menos um pouco mais de alegria e esperança em toda pessoa com quem estiver em contato…
8 – Admirar as qualidades nobres daqueles com quem conviva, estimulando-os a desenvolvê-las…
9 – Olvidar motivos de queixa, sejam quais sejam…
10 – Viver trabalhando e estudando, agindo e construindo, de tal modo, no próprio burilamento e na própria corrigenda, que não se veja capaz de encontrar as falhas prováveis e os erros possíveis dos outros.

Colaborador:

Antônio Sávio de Resende – Tonhão
email’s: asavio921@uol.com.br; asavio@uaivip.com.br; asavio.fcvv@gmail.com; asavio13@uol.com.br;
“Observa os próprios hábitos e tendências e perceberás o que fôste nas existências passadas. Analisa os que te rodeiam, no círculo doméstico-social e identificarás com quem te comprometeste para sanar os próprios débitos ou traçar a própria senda de elevação. Um aluno repete o currículo de lições no objetivo de ir em frente, não para acomodar-se à retaguarda. Indispensável corrigir-nos naquilo que erramos. Obstáculos são desafios renovadores”.
Emmanuel & Chico Xavier. Lição: Hábitos e Tendências. Livro: Amigo.
#comentar#20160406_Links03
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 27.655 dias.
Eu TE Agradeço Deus Pai!
*
*** http://wv8.com.br/comkardec.com/
*** https://www.facebook.com/EudisonLeal
*** https://www.facebook.com/sinapses.links

#cadastrar#20160406_Links04

Espírito Emmanuel


*
Espírito Emmanuel em “Nos Domínios da Mediunidade”, obra do Espírito André Luiz, psicografia de Francisco Cândido Xavier

“Os laboratórios são templos em que a inteligência é concitada ao serviço de Deus, e, ainda mesmo quando a cerebração se perverte, transitoriamente subornada pela hegemonia política, geradora de guerras, o progresso da Ciência, como conquista divina, permanece na exaltação do bem, rumo a glorioso porvir. O futuro pertence ao Espírito!”
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 27.653 dias.
Eu TE Agradeço Deus Pai!
*
*** http://wv8.com.br/comkardec.com/
*** https://www.facebook.com/EudisonLeal
*** https://www.facebook.com/sinapses.links
*** Cadastre-se: http://wp.me/P7cuxM-obF
*

Emmanuel

20160322_Emmanuel
*
Espírito Emmanuel, em “No Mundo Maior”, obra do Espírito André Luiz, psicografia de Francisco Cândido Xavier.

“Onde albergar a estranha e infinita caravana? Como designar a mesma estação de destino a viajantes de cultura, posição e bagagem tão diversas?

Perante a Suprema Justiça, o malgache e o inglês fruem dos mesmos direitos. Provavelmente, porém, estarão distanciados entre si, pela conduta individual, diante da Lei Divina, que distingue, invariavelmente, a virtude e o crime, o trabalho e a ociosidade, a verdade e a simulação, a boa vontade e a indiferença. Da contínua peregrinação do sepulcro, participam, todavia, santos e malfeitores, homens diligentes e homens preguiçosos.”
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 27.638 dias.
Eu TE Agradeço Deus Pai!
*
*** http://wv8.com.br/comkardec.com/
*** https://www.facebook.com/EudisonLeal
*** https://www.facebook.com/sinapses.links

Emmanuel

20150408_Emmanuel
*
Espírito Emmanuel, na obra “Os Mensageiros”, do Espírito André Luiz, psicografia de Chico Xavier.

“Não falta concurso divino ao trabalhador de boa vontade.

E quem observar o nobre serviço de um Aniceto, reconhecerá que não é fácil prestar assistência espiritual aos homens.

Trazer a colaboração fraterna dos planos superiores aos Espíritos encarnados não é obra mecânica, enquadrada em princípios de menor esforço.

Claro, portanto, que, para recebê-la, não poderá o homem fugir aos mesmos imperativos.

É indispensável lavar o vaso do coração para receber a “água viva”, abandonar envoltórios inferiores, para vestir os “trajes nupciais” da luz eterna.”
*
Colaboração: Ênio – RJ/RJ
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 27.623 dias.
Eu TE Agradeço Deus Pai!
*
*** http://wv8.com.br/comkardec.com/
*** https://www.facebook.com/EudisonLeal
*** https://www.facebook.com/sinapses.links
*

Água Fluidificada

77-118172818855944cd0021311.67857873
*
* Pindamonhangaba-SP – Domingo
* 28/fev/2016
*
*** .
*** Água Fluidificada
*** .
*
Confrade,
Sejamos Abençoados!
Saúde!
*
Emmanuel e Jesus nos ensinam sobre a água fluidificada.
Click aqui.
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 27.615 dias.
Eu TE Agradeço Deus Pai!
*
*** http://wv8.com.br/comkardec.com/
*** https://www.facebook.com/EudisonLeal
*** https://www.facebook.com/sinapses.links
*
*** http://bit.ly/1PO5S7G KardecPinda
*** http://bit.ly/1KHUXve CronoKardec
*** http://bit.ly/1NO2rit CronoPinda
*** http://bit.ly/1GW9wHC Carta de Deus
*** http://bit.ly/1ORsDcs Deus te Abençoe
*** http://bit.ly/1RpZdkK Tolerância
*** http://bit.ly/1O0UGaK Sobre o blog
*** http://bit.ly/1MM3rWl Drogas

Emmanuel

20150408_Emmanuel
*
PENA DE MORTE
Pelo Espírito Emmanuel. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.
Livro: Religião dos Espíritos. Lição nº 50. Pagina 125.
Perguntas e Respostas de O Livro dos Espíritos. Reunião pública de 10/07/1959 – Questão nº 760.

Todos os fundadores das grandes instituições religiosas, que ainda hoje influenciam ativamente a comunidade humana, partiram da Terra com a segurança do trabalhador ao fim do dia.
Moisés, ancião, expira na eminência do Nebo, contemplando a Canaã prometida.
Sidarta, o iluminado construtor do Budismo, depois de abençoada peregrinação entre os homens, abandona o corpo físico, num horto florido de Kuçinagara.

Confúcio, o sábio que plasmou todo um sistema de princípios morais para a vida chinesa, encontra a morte num leito pacífico, sob a vigilância de um neto afetuoso.
E, mais tarde, Maomé, o criador do Islamismo, que consentiu em ser adorado pelos discípulos, na categoria de imortal, sucumbe em Medina, dentro de sólida madureza, atacado pela febre maligna.
Com Jesus, entretanto, a despedida é diferente.

O Divino Fundador do Cristianismo, que define a Religião Universal do Amor e da Sabedoria, em plena vitalidade juvenil, é detido pela perseguição gratuita e trancafiado no cárcere.
Ninguém lhe examina os antecedentes, nem lhe promove recursos à defensiva.
Negado pelos melhores amigos, encontra-se sozinho, entre juízes astuciosos, qual ovelha esquecida em meio de chacais.

Aliam-se o egoísmo e a crueldade para sentenciá-lo ao sacrifício supremo.
Herodes, patrono da ordem pública, chamado a pronunciar-se em seu caso, determina se lhe dê o tratamento cabível aos histriões.
Pilatos, responsável pela justiça, abstém-se de conferir-lhe o direito natural.
E, entregue à multidão amotinada na cegueira de espírito, é preferido a Barrabás, o malfeitor, para sofrer a condenação insólita.

Decerto, para induzir-nos à compaixão, aceitou Jesus padecer em silêncio os erros da justiça terrestre, alinhando-se, na cruz, entre os injuriados e as vítimas sem razão, de todos os tempos da Humanidade.
Cristãos de todas as interpretações do Evangelho e de todos os quadrantes do mundo, atentos à exemplificação do Eterno Benfeitor, apartai o criminoso do crime, como aprendestes a separar o enfermo da enfermidade!

Educai o irmão transviado, quanto curais o companheiro doente!
Desterrai, em definitivo, a espada e o cutelo, o garrote e a forca, a guilhotina e o fuzil, a cadeira elétrica e a câmara de gás dos quadros de vossa penologia, e oremos, todos juntos, suplicando a Deus nos inspire paciência e misericórdia, uns para com os outros, porque, ainda hoje, em todos os nossos julgamentos, será possível ouvir, no ádito da consciência, o aviso celestial do nosso Divino Mestre, condenado à morte sem culpa: – “Quem estiver sem pecado, atire a primeira pedra”!
*
Colaborador:
Antônio Sávio de Resende – Tonhão
email’s: asavio921@uol.com.br; asavio01@uol.com.br; asavio@uaivip.com.br; asavio.fcvv@gmail.com;
“Acalma-te e serve, não fizeste o sol que te ilumina, não fabricaste o ar que respiras, não criaste o solo em que te apóias, não teceste a vestimenta das flores que te rodeiam, não pares de trabalhar, a vida te pede o bem que se te faça possível: o impossível virá de Deus”. Emmanuel & Chico Xavier. Lição: Possível e Impossível. Livro: Recados do Além.
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 27.615 dias.
Eu TE Agradeço Deus Pai!
*
*** http://wv8.com.br/comkardec.com/
*** https://www.facebook.com/EudisonLeal
*** https://www.facebook.com/sinapses.links
*

Emmanuel

20150408_Emmanuel
*
Espírito Emmanuel, na obra “Pão Nosso”, psicografia de Chico Xavier.

“Em todos os serviços, o concurso da palavra é sagrado e indispensável, mas aprendiz algum deverá esquecer o sublime valor do silêncio, a seu tempo, na obra superior do aperfeiçoamento de si mesmo, a fim de que a ponderação se faça ouvida, dentro da própria alma, norteando-lhe os destinos.”
*
Colaboração: Ênio – RJ/RJ
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 27.615 dias.
Eu TE Agradeço Deus Pai!
*
*** http://wv8.com.br/comkardec.com/
*** https://www.facebook.com/EudisonLeal
*** https://www.facebook.com/sinapses.links
*

Emmanuel

20150408_Emmanuel
*
Espírito Emmanuel, na obra “Sexo e Destino”, do Espírito André Luiz, psicografia de Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira.

“(…) a existência física, seja na infância ou na mocidade, na madureza ou na velhice, é sempre dom inefável que nos cabe honorificar e que, mesmo detendo um corpo carnal rastejante ou disforme, mutilado ou enfermiço, devemos repetir diante da tua Sabedoria Incomensurável:
– Obrigado, meu Deus!”
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 27.608 dias.
Eu TE Agradeço Deus Pai!
*
*** http://wv8.com.br/comkardec.com/
*** https://www.facebook.com/EudisonLeal
*** https://www.facebook.com/sinapses.links
*

Palavras ditas…

20100106_a_palavra

Emmanuel

*
Link permanente: http://wp.me/p1oMor-m8r
*

20120427_emmanuel_reencarnado