Prece

*
Prece para Jesus, o Cristo de Deus
*
Senhor Jesus, o Cristo!
Ajude-nos na construção da Paz, Senhor!
Assim Seja!
*
Amigo Visitante, salve!
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.187 dias.
Obrigado Senhor!
*

O TEMPO DO SENHOR


*
O TEMPO DO SENHOR
Pelo Espírito Irmão X. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.
Livro: Senda para Deus. Lição nº 05. Página 27.

No lar dos apóstolos em Jerusalém, era Tiago, filho de Alfeu, o mais intransigente cultor dos princípios de Moisés, entre os seguidores da Boa Nova.
Passo a passo, referia-se à alegação do Cristo: “eu não vim destruir a Lei…” e encastelava-se em severa defesa do moisaísmo, embora sustentasse fervorosa lealdade à prática do Evangelho.
Não vacilava em estender braços generosos aos irmãos infelizes que lhe recorressem aos préstimos; contudo, reclamava estrita obediência à pureza dos alimentos, às posturas do hábito, às festas tradicionais e à circuncisão.
Mas, de todos os preceitos, detinha-se particularmente na consagração do chamado “Dia do Senhor”.
Para isso, compelia todos os companheiros ao estudo e à meditação, à prece e ao silêncio, cada vez que o sábado nascesse, conquanto fossem adiados importantes serviços de assistência e socorro aos necessitados e enfermos que lhes batiam à porta.
Dominado de zelo, o apóstolo notara a ausência de Zorobatan ben Assef das orações do culto, com manifesto pesar.
Zorobatan, o vendedor de lentilhas, fora-lhe colega de infância na Galiléia, no entanto, desde muito vivia nos arredores da grande cidade, viúvo e sem filhos, prestando desinteressado auxílio ao movimento apostólico.
Amanhava pequeno campo e negociava os produtos colhidos, depondo a maior parte dos lucros na bolsa de Simão Pedro, para as garantias da casa; entretanto, se vinha à instituição; suarento e cansado nas horas de trabalho exaustivo; era ele, nos instantes da prece, o faltoso renitente.
Varias vezes Tiago mandara portadores adverti-lo, mas porque a situação se mostrasse inalterada por mais de seis meses, o deliberou próprio repreendê-lo, em pessoa, no ambiente rural.
Sobraçando grande rolo com apontamentos do Pentateuco, junto de André, o fiel defensor da Lei, na ensolarada manhã de um sábado de estio, varava trilhas secas e poeirentas, em animada conversação.
A certo trecho, falou-lhe o companheiro, sensato:
– Consideras, então, que um crente sincero, qual Zorobatan, seja passível de reprimenda simplesmente porque não nos partilhe as assembléias?
– Não tanto por isso – volveu Tiago, dando ênfase aos conceitos. – Ele não apenas nos esquece o refúgio, mas também foge de respeitar o terceiro mandamento.
Empregados e vizinhos do seu campo avisam-lhe, cada semana, que ele passa os sábados inteiros em atividade intensiva, recebendo auxiliares adventícios, que lhe revolvem os celeiros e as terras.
E o diálogo continuou:
– Não se trata, porém, de abnegado amigo das boas obras?
– Sem dúvida. E creio igualmente que a fé sem obras é morta em si mesma; contudo, a Lei determina que seja santificado o tempo do Senhor.
– E o próprio Jesus? Não curou nos dias de sábado?
– Não podemos discutir os desígnios do Mestre, de vez que a nós cabe reverenciá-los tão somente…
Se ele mesmo lia os Sagrados Escritos nas sinagogas, nos dias de repouso, ensinando-nos a orar, não vejo como desmerecer as veneráveis prescrições.
André solicitou alguns instantes e voltou a observar:
– Se uma de nossas crianças caísse no poço, em dia de sábado, não deveríamos salvá-la?
– Sim – concordou Tiago – mas nos sábados subsequentes, ser-nos-ia obrigação prender todas as crianças em recinto adequado, para que a impropriedade não se repetisse.
– E se fosse um animal de trabalho, um burro prestimoso, por exemplo, que viesse a tombar em cisterna profunda? Seria lícito deixá-lo morrer à míngua de todo amparo, porque o desastre ocorresse num dia determinado para o descanso?
– Não exitaria em socorrer o burro – disse o interlocutor, solene – mas vendê-lo-ia, de imediato, para que não voltasse a ocasionar transtorno semelhante.
Nesse ponto do entendimento, a pequena cada de Zorobatan surgiu à vista.
No átrio limpo e singelo, erguia-se mesa tosca e, junto à mesa, magras mulheres lavavam pratos de madeira.
Velhos doentes arrastavam-se em torno, enquanto meninos esquálidos traziam frutos, do depósito de provisões.
Apesar da pobreza em derredor, todos os semblantes irradiavam alegria.
À curta distância, Tiago viu Zorobatan que vinha do interior, carregando enorme vasilha fumegante.
Surpreendido, escutou-lhe a palavra, chamando os presentes para a sopa que oferecia gratuita, ao mesmo tempo em que tornava à cozinha para buscar nova remessa.
Sentaram-se todos os circunstantes, nos quais o apóstolo anotou a presença de aleijados e enfermos, viúvas e órfãos, que ele próprio já conhecia desde muito.
Aproximou-se, no entanto, da porta e esperava que o amigo regressasse ao pátio, de modo a exprimir-lhe a desaprovação que lhe rugia nalma, quando viu Zorobatan sair da intimidade doméstica, arfando de fadiga, ao peso de recipiente maior.
Desta vez, porém, um homem de olhar brando vinha, junto dele, apoiando-lhe as mãos calosas, para que o precioso conteúdo não se perdesse.
O visitante, irritado, dispunha-se a levantar a voz, quando reconheceu no ajudante desconhecido o próprio Cristo que ele, só ele Tiago, conseguiu ver…
– Mestre!… – exclamou entre perplexo e constrangido.
– Sim, Tiago – respondeu Jesus sem se alterar -, agradeço as preces com que me honram, mas devo estar pessoalmente com todos aqueles que auxiliam os nossos irmãos por amor de meu nome…
Com grande assombro para André, o velho apóstolo, em pranto mudo, largou o rolo da Lei sobre um montão de calhaus superpostos, segurou também a panela e começou a servir.
*
Colaborador:
Antônio Sávio de Resende – Tonhão
email’s: asavio921@uol.com.br; asavio@uaivip.com.br; asavio.fcvv@gmail.com; asavio13@uol.com.br;
“Tão logo apareçam, corrijamos os nossos erros considerados pequeninos, porque, sem isso, dia virá em que passaremos a aceitar os nossos grandes erros como se fossem pequeninos. “Emmanuel & Chico Xavier. Lição nº 13; Livro: Agora é o tempo.
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.185 dias.
Obrigado Senhor!
*
*
***

Prece

Prece

*
Prece para Jesus, o Cristo de Deus
*
Louvado seja Jesus, o Cristo de Deus!
Abençoados sejam os Anjos do Senhor!
*
Drogas! (23/out/2014)
Álcool Cocaína Cola de sapateiro Crack Degradação moral Drogas psicotrópicas Drogas ilícitas Drogas lícitas Maconha Miséria Afetiva
Narcotráfico Oxi Refino US$500 bilhões.
Saiba mais: http://wv8.com.br/comkardec.com/2014/10/23/drogas-8/
Sejamos Abençoados!
*
Amigo visitante, salve!
Estas 77 mensagens sobre as drogas ajudam-nos a termos uma visão mais profunda do assunto.
Você é convidado a opinar.
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.184 dias.
Obrigado Senhor!
*

Prece

*
Prece para Jesus, o Cristo de Deus
*
Senhor Jesus!
Os bons valores não pecuniários são os mais valiosos e caros!
Ajude-me a conquistá-los!
Assim Seja, Senhor!
*
Amigo(a) visitante, salve!
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.183 dias.
Obrigado Senhor!
*

Chip do Coração


*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.182 dias.
Obrigado Senhor!
*
*
***

Prece

*
Prece para Jesus, o Cristo
*
Senhor Jesus!
17set2017. Eu e a Christina estamos comemorando o quadragésimo nono ano da constituição da nossa Família juntamente com os nosso Filhos e Netos!
Abençoa-nos Senhor!
Assim Seja!
*
Amigo visitante, salve!
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.182 dias.
Obrigado Senhor!
*

Apometria em Campos do Jordão


Prece


*
Jesus, Abençoe a minha Família, Senhor!
Amigo(a) visitante, salve!
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.181 dias.
Obrigado Senhor!
*
*
***

Prece

*
Prece para Jesus, o Cristo de Deus
*
Senhor Jesus!
A exemplo de Emmanuel, sou um simples pregador de cartazes.
Ajude-me na tarefa, Senhor!
Assim Seja, Senhor!
*
Amigo(a) visitante, salve!
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.180 dias.
Obrigado Senhor!
*

Joanna de Ângelis


*
Espírito Joanna de Ângelis, em “O Homem Integral”, psicografia de Divaldo Franco.

“Apegado aos conflitos da competição humana ou deixando-se vencer pela acomodação, o homem desvia-se da finalidade essencial da existência terrena, que se resume na aplicação do tempo para a aquisição dos recursos eternos, propiciadores da beleza, da paz, da perfeição.

O pandemônio gerado pelo excesso de tecnologia e de conforto material nas chamadas classes superiores, com absoluta indiferença pela humanidade dos guetos e favelas, em promiscuidade assustadora, revela a falência da cultura e da ética estribada no imediatismo materialista com o seu arrogante desprezo pelo espiritualismo.”
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.179 dias.
Obrigado Senhor!
*
*
***

Prece

*
Prece para Jesus, o Cristo de Deus
*
Amado Mestre Jesus!
Senhor!
Ajude-nos a lidar com nossas mediunidades, Senhor!
Que todos nós possamos usar nossa mediunidades em prol da Tua Justa Causa, Senhor!
Assim Seja Senhor!
*
Amigo(a) visitante, salve!
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.179 dias.
Obrigado Senhor!
*

Luzes Assíncronas (lindas!)

*
Luzes Assíncronas (lindas!)
*
Senhor Jesus, o Cristo de Deus!
Orientai-nos, Senhor!
*
Entendo que as diferenças entre nós, os humanos, é que trazem o lindo colorido da vida.
Cada um de nós vê e percebe a Realidade Existencial de uma forma distinta e mutável ao longo da encarnação.
O processo é dinâmico!
*
Das 3.821 pessoas do meu cadastro de e-mails, 44 são realmente consciente do seu compromisso mediúnico para com a sociedade dos terráqueos.
Esta apuração de 1,15% na lista de nomes é significativa, são múltiplos os seus significados.
A importância do fato está na evidência na sintonia que fazem, ao longo tempo, no Amor ao Ser Humano, a despeito das diferenças biológicas e espirituais.
*
A “lista” é incompleta e dinâmica!
*
Convido ao leitor para que exerça crítica sobre tudo quanto está feito.
A crítica ajuda-me a corrigir os excessos e omissões.
*
A título de ilustração estou anexando imagens.
Tipos de Mediunidade:
http://wv8.com.br/comkardec.com/2006/07/14/60-mediunidades/
*
Amigo(a) visitante, salve!
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.178 dias.
Obrigado Senhor!
*





Prece

*
Prece para Jesus, o Cristo de Deus
*
Senhor Jesus!
“Ser tolerado e tolerar!”
Ajude-nos Senhor Jesus!
Assim Seja, Senhor!
*
Amigo(a) visitante, salve!
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.178 dias.
Obrigado Senhor!
*

Prece

*
Prece para Jesus, o Cristo de Deus
*
Amado Mestre Jesus!
Sou grato pelas Tuas Incontáveis Benesses!
Te agradeço por eu poder ver a beleza das flores nos cercam!
Que a beleza das flores possam ser espargidas para muitos Corações!
Assim seja Senhor!
*
Amigo(a) visitante, salve!
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.177 dias.
Obrigado Senhor!
*

Dias vividos

*
Dias vividos!
Faça suas contas!

*


*
Dúvidas?
Escreva-me, por favor!

Prece

*
Prece para Jesus, o Cristo de Deus
*
Senhor Jesus!
Nós Te agradecemos pela feliz oportunidade da realização da nossa reunião em torno do Teu Nome, Senhor!
Reunião de muito Amor!
Abençoa-nos, Senhor!
Assim Seja!
*
Amigo(a) visitante, salve!
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.176 dias.
Obrigado Senhor!
*

Evangelho no Lar – Rosiléa


*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.175 dias.
Obrigado Senhor!
*
*
***

Netos Visitantes



*
Obrigado Senhor!
*
*
***

Perdão


*
VANTAGENS do PERDÃO
Pelo Espírito Emmanuel. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.
Livro: Aulas da Vida. Lição nº 16. Página 58.

“Porque se perdoardes aos homens as suas ofensas também vosso Pai Celestial vos perdoará a vós…” Jesus (Mateus, 6:14.)

Quando Jesus nos exortou ao perdão não nos induzia exclusivamente ao aprimoramento moral, mas também ao reconforto íntimo, a fim de que possamos trabalhar e servir, livremente, na construção da própria felicidade.
Registremos alguns dos efeitos imediatos do perdão nas ocorrências da vida prática.
Através dele, ser-nos-á possível promover a extinção do mal, interpretando-se o mal por fruto de ignorância ou manifestação de enfermidade da mente; impediremos a formação de inimigos que poderiam surgir e aborrecer-nos indefinidamente, alentados por nossa aspereza ou intolerância; liberar-nos-emos de qualquer perturbação no tocante a ressentimento; imunizaremos o campo sentimental dos entes queridos contra emoções, idéias, palavras ou atitudes suscetíveis de marginalizá-los, por nossa causa, nos despenhadeiros da culpa; defenderemos a tarefa sob nossa responsabilidade, sustentando-a a cavaleiro de intromissões que, a pretexto de auxiliar-nos, viessem arrasar o trabalho que mais amamos; impeliremos o agressor a refletir seriamente na impropriedade da violência; e adquiriremos a simpatia de quantos nos observem, levando-os a admitir a existência da fraternidade, em cujo poder dizemos acreditar.
Quantos perdoem golpes e injúrias, agravos e perseguições apagam incêndios de ódio ou extinguem focos de delinquência no próprio nascedouro, amparando legiões de criaturas contra o desequilíbrio e resguardando a si mesmos contra a influência das trevas.
Perdão pode ser comparado à luz que o ofendido acende no caminho do ofensor.
Por isso mesmo, perdoar, em qualquer situação, será sempre colaborar na vitória do amor, em apoio de nossa própria libertação para a vida imperecível.
*
Colaborador:
Antônio Sávio de Resende – Tonhão
email’s: asavio921@uol.com.br; asavio@uaivip.com.br; asavio.fcvv@gmail.com; asavio13@uol.com.br;
“… Um prato de sopa, em nome do Mestre, vale mais que centenas de palavras vazias, quando as palavras estão realmente vazias de compreensão e de amor. Entreguemos ao Senhor as lutas estéreis a que somos tantas vezes provocados e prossigamos, com Ele, no trabalho edificante do bem… ” Bezerra de Menezes & Chico Xavier. Lição 13: Trabalhando. Livro: Cura.
*
Desejo que o seu Novo Dia Concedido seja: Feliz!
*
Fraternalmente,
Leal – aprendiz em todas as instâncias da Vida
Encarnado há 28.175 dias.
Obrigado Senhor!
*
*
***